Notícias

Almoço com imprensa e autoridades marca lançamento da Expotec 2021

De passado pobre à potência mundial em tecnologia e inovação, em pouco mais de 50 anos a Coréia do Sul transformou sua trajetória investindo na educação tecnológica. Foi com esse exemplo que o presidente da Associação Nacional pela Inclusão Digital (Anid Brasil) destacou a importância de iniciativas como a Expotec, lançada oficialmente em um almoço com jornalistas e autoridades no dia 15 de julho. O maior evento de tecnologia do Nordeste, será realizado nos dias 29, 30 de setembro e 01 de outubro, no Centro de Convenções Poeta Ronaldo Cunha Lima, em João Pessoa, PB.

Em um ano marcado pela aceleração da transformação digital provocada pela pandemia, a 7ª Expotec terá como tema “Novas Tecnologias, Internet Comunitária, Infraestrutura Crítica e CIbersegurança”. Além do debate sobre a necessidade de adaptação a uma vida cada vez mais conectada e digital, falar sobre tecnologia também aponta caminhos para o investimento em educação e capacitação, como uma maneira de fomentar o setor produtivo da região Nordeste e do Brasil.

O encontro com a imprensa reuniu aproximadamente 90 jornalistas de diversos veículos de comunicação do estado, além de representantes do poder público. Entre eles, o secretário de Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba, Claudio Furtado, que representou o Governo do Estado, um dos realizadores da Expotec 2021.

O reitor da Universidade Federal da Paraíba, Valdiney Gouveia, a secretaria de Ciência e Tecnologia de João Pessoa, Margareth Diniz, o presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa da Paraíba (Fapesq), Roberto Germano e a presidente da Associação Comercial da Paraíba, Melca Farias também participaram do lançamento.

O presidente da Anid Brasil, realizadora da Expotec, Percival Henriques lembrou que o Brasil pode conquistar resultados semelhantes ao da Coreia do Sul e outros países desenvolvidos. E que a chave para isso se tornar uma realidade é o investimento na educação tecnológica. “Uma das ideias principais da feira é colocar estudantes da rede pública em contato com o universo da tecnologia, robótica e inovação, queremos ser um espaço de influência para que os nossos jovens descubram que também podem seguir o caminho da pesquisa e da ciência”, completou.

Aspecto que também foi ressaltado pelo secretário de Educação da Paraíba, Claudio Furtado. “A Expotec é muito importante para os nossos estudantes, tanto para formação  empreendedora quanto científica deles. Ela trata da questão da cultura científica entre os estudantes, isso porque uma nação não pode ter futuro se ela não pensa em ciência todos os dias, algo que precisa ser embutido nas nossas crianças em todos os níveis. Hoje a Expotec se consolidou como um evento nacional discutindo temas vitais para a educação e promovendo diversidade e inclusão”, pontuou.

Esta será a segunda vez que a Expotec acontece durante o período de pandemia e por isso a expectativa da Anid Brasil também é criar um protocolo de segurança em saúde que se torne referência para retomada de eventos presenciais. Sem deixar de seguir as medidas sanitárias contra a transmissão da Covid-19.

APOIO

Instituições parceiras que apoiam o evento